As cores e o espaço

As cores que nos rodeiam durante as nossas horas de trabalho afetam o nosso comportamento e sentimentos. Muitos psicólogos estudaram o significado das cores e mostraram que elas são percebidas de várias maneiras, produzindo algum tipo de reação entre a maioria das pessoas
De acordo com a maioria dos pesquisadores da ciência das cores, a nossa perceção das cores está localizada no chamado cérebro límbico, ou seja, na parte mais primitiva do nosso cérebro. Isso significa que a nossa experiência com as cores está intimamente ligada aos nossos sentimentos e ao nosso subconsciente.

Muitas vezes podemos sentir, por exemplo, que as cores das paredes de uma sala ou o design de interiores têm algum efeito sobre nós, mesmo que tenhamos dificuldade em identificar exatamente o que é. Os pesquisadores também apontam que certas associações que temos com as cores são aprendidas culturalmente, enquanto outras são realmente biológicas e simplesmente existem, queiramos ou não.

Isso inflencia-nos, todos os dias – como nos sentimos, como nos comportamos em relação aos outros e a nós mesmos, e quão bem conseguimos focar-nos numa tarefa.

As 4 cores fundamentais

Existem quatro cores fundamentais que mais nos afetam e que agem como uma bússola emocional: verde, amarelo, vermelho e azul. Muitas vezes são divididas em cores quentes (vermelho, laranja e amarelo) e cores frias (lilás, azul e verde). As suas diferentes propriedades evocam sentimentos específicos em nós e contribuem para a criação de atmosferas particulares em quartos e outros ambientes. No que diz respeito aos interiores, é interessante que uma cor fria aumenta subjetivamente o tamanho de uma área, enquanto uma cor quente a faz parecer menor. Uma cor quente também cria uma sensação de boas-vindas, enquanto uma cor fria faz-nos percecionar um espaço mais fresco.

Verde

O verde é uma cor harmoniosa que muitas vezes simboliza a natureza e que associamos à saúde, juventude, segurança e consciência ambiental. O verde é mais agradável para os olhos e é a nossa cor preferida. Uma superfície verde cria harmonia e os olhos cansados ​​sentem-se melhor, quando descansam no verde. Com efeitos calmantes e refrescantes, cria equilíbrio. Uma cor adequada para todos os espaços.

Amarelo

O amarelo é um símbolo solar universal que frequentemente associamos com otimismo, alegria e energia. É uma cor que captura a nossa atenção e supostamente aguça a nossa memória e pensamento, por isso é uma boa cor para usar num local de trabalho, já que o amarelo é frequentemente associado ao intelecto. O amarelo também pode ser usado com vantagem em salas de reuniões para sessões criativas ou de brainstorming, pois é uma cor que faz as pessoas falarem.

VERMELHO

O Vermelho é uma cor que rapidamente chama a nossa atenção e faz o nosso coração bater um pouco mais rápido. É a cor que vemos primeiro e esquecemos por último. Vermelho significa energia e paixão, poder e força, mas deve ser usado com a devida moderação em ambientes humanos, pois também pode induzir raiva e pânico. Deve-se ter cuidado com a quantidade de vermelho usado, pois essa cor pode facilmente assumir e tornar-se dominante numa sala. Considera-se que o vermelho aumenta o apetite e é frequentemente encontrado em restaurantes e refeitórios.

AZUL

As nuances de azul criam sentimentos de calma, paz e quietude. O azul tem um efeito calmante e leva os pensamentos ao descanso e relaxamento. É uma cor que nos permite respirar com mais calma e piscar com menos frequência. Acredita-se que somos mais produtivos em quartos azuis, pois o azul evoca uma sensação de calma. Afinal, concentramo-nos mais facilmente quando estamos relaxados e isso aumenta nossa produtividade. Portanto, o azul pode ser uma boa escolha em salas de reuniões ou locais projetados para realizar workshops e gerar ideias.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn